Comutar entre GPL e Gasolina a alta velocidade

Converse e Discuta Dúvidas sobre o GPL - Autogás.

!Atenção- Topicos com mais de 7 Dias serão removidos automaticamente caso nao haja respostas...!

Moderadores: rdd48856, FLP

Responder
mpsfilho
Cidadão Virtual
Mensagens: 1581
Registado: 23 dez 2016, 21:04
Distrito onde reside.: Castelo Branco
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: Prins VSI-2.0 DI
Modelo: Dacia duster 1,2Tce
Ano: 2015

Re: Comutar entre GPL e Gasolina a alta velocidade

Mensagem por mpsfilho » 10 dez 2020, 11:21

Olá, Benvindo.

Ser vinheta verde ou azul nada tem a ver com o Kit GPL, mas sim com a legislação.

Mudar/trocar entre combustíveis também não fará diferença, no entanto até é benéfico. ou seja: se em altas rotações a GPL comutares para gasolina.

Jã o inverso não será tão saudável se considerarmos as altas rotações, em baixas e médias tudo bem :)

j_verne
Cidadão Virtual
Mensagens: 3900
Registado: 11 abr 2009, 14:32
Distrito onde reside.: Guarda
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: BRC
Marca do Veículo: Skoda
Modelo: Octavia 1.6i
Ano: 2006

Re: Comutar entre GPL e Gasolina a alta velocidade

Mensagem por j_verne » 11 dez 2020, 00:48

Eu não aconselharia. Essa operação implica cortar a alimentação de gasolina e iniciar a alimentação de GPL aos cilindros, e pode não ser em ciclos "exactamente consecutivos". Isso origina pequenos (ou grandes) solavancos, conforme as condições de funcionamento do motor (nomeadamente rpm e carga).

Dito isto, é de facto benéfico alterar para gasolina quando se pretende andamentos mais vivos. Mas deve fazer-se isso antes de entrar nesse ritmo.

mpsfilho
Cidadão Virtual
Mensagens: 1581
Registado: 23 dez 2016, 21:04
Distrito onde reside.: Castelo Branco
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: Prins VSI-2.0 DI
Modelo: Dacia duster 1,2Tce
Ano: 2015

Re: Comutar entre GPL e Gasolina a alta velocidade

Mensagem por mpsfilho » 11 dez 2020, 15:11

j_verne Escreveu:
11 dez 2020, 00:48
Eu não aconselharia. Essa operação implica cortar a alimentação de gasolina e iniciar a alimentação de GPL aos cilindros, e pode não ser em ciclos "exactamente consecutivos". Isso origina pequenos (ou grandes) solavancos, conforme as condições de funcionamento do motor (nomeadamente rpm e carga).

Dito isto, é de facto benéfico alterar para gasolina quando se pretende andamentos mais vivos. Mas deve fazer-se isso antes de entrar nesse ritmo.
É de levar em conta o teu concelho porque nem todos os sistemas e motores são iguais, é que eu costumo fazer isso no meu e não existe nenhuma amostra de engasgos ou solavancos mas, poderá em alguns sistemas isso acontecer.

Também quando passo para gasolina é para "abusar" um pouco do acelerador e, ao mesmo tempo que comuto para gasolina alivio o acelerador, ao inverter para gás procedo da mesma forma.

No entanto já tenho feito mudanças entre combustíveis sem variação do pedal, isto só para testar se existem perdas ou ganhos de rendimento entre eles, mas felizmente não consigo determinar qualquer quebra ou alterações no seu funcionamento :)

Responder